Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

20 de abril de 2012

PRESÍDIO DE ITAMBACURI FIRMA TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA COM PREFEITURA E EMPRESA RAÇÕES DO VALE, ONDE REEDUCANDOS EFETUAM TRABALHO REMUNERADO.


Direitos reservados. É permitida a reprodução da reportagem em meios impressos e eletrônicos, somente com a citação do crédito da fonte: www.brunotomg.blogspot.com (sob pena da Lei 9.610/1998, direitos autorais).
Prefeitura e empresa Rações do Vale

Reeducandos trabalhando
Atualmente a prefeitura local e a empresa Rações do Vale firmaram um Termo de Cooperação Técnica com a Subsecretária de Administração Prisional – SUAPI, onde os Reeducandos estão prestando serviços na limpeza urbana do município pela prefeitura e na construção de extensão da empresa Rações do Vale. Eles recebem três quartos do salário mínimo e ainda o benefício de Remição, conforme normatizado pela Lei de Execuções Penais. Vale ressaltar que os Ressocializandos beneficiados passaram por um rigoroso critério de classificação adotado pela SUAPI (Subsecretaria de Administração Prisional), que é composta por um corpo técnico nos campos Psicossocial, Segurança e de Saúde, onde o Reeducando deve ter bom comportamento e manter essa conduta, sendo fiscalizado permanentemente, eles ainda são beneficiados pelo EJA (Programa de Educação Continuada), onde estão matriculados na Escola Estadual Zélia de Campos. As aulas começaram no dia 5 de março e estes ressocializandos tiveram o apoio da sociedade ltambacuriense na doação de materiais escolares e uniformes. O transporte público escolar foi cedido pela prefeitura municipal de Itambacuri. Todo esse trabalho é de conhecimento do Ministério Público local e do Juiz da Vara de Execuções da Comarca de Itambacuri.


Regime fechado: artesanato

Artesanatos produzido por Reeducandos
Os reeducandos que cumprem penas em regime fechado, também são beneficiados com o trabalho interno, como o artesanato, que depois de confeccionados os produtos são entregues aos seus familiares para revenderem e assim aumentar a renda familiar. 
Artesanatos produzidos por Reeducandos
Através da solicitação do Juiz de Direito, Cláudio Schiavo Cruz, foi efetivada uma parceria com o PAI-PJ (Programa de Atenção Integral ao Paciente Judiciário Portador de Sofrimento Mental), que é um programa do Tribunal de Justiça de Minas Gerais que realiza o acompanhamento do portador de Sofrimento Mental que cometeu algum crime - parceria essa de fundamental no cumprimento de penas de Reeducandos que sofrem desse mal.
Diretor Bruno Santos
Em entrevista  no dia 10 de março para o repórter Aníbal Gonçalves no programa “Entrevista ao vivo” apresentado todos os sábados na radio Máxima FM o diretor Geral do presídio, Bruno Santos, falou sobre a administração do presídio e a ressocialização dos recuperandos e ressaltou o apoio da sociedade nos programas de ressocialização adotados pela SUAPI: “Temos que quebrar o paradigma da não recuperação do sentenciado, pois ele foi julgado e condenado e está pagando pelo seu erro. Cabe a todos darem uma oportunidade a realmente quem quer ser um cidadão comprometido com suas obrigações sociais e as leis que regem a sociedade. E esse é o intuito da SUAPI. E conto com apoio da sociedade de Itambacuri juntamente com os Órgãos Governamentais, para que seja concretizada uma verdadeira Ressocialização dos custodiados pela SUAPI no Presídio de Itambacuri”